Search
segunda-feira 20 novembro 2017
  • :
  • :

Ginástica do Cérebro marca presença na Feira do Empreendedor de Santa Catarina

Microfranquia consolidada no mercado educacional leva excelência em treinamento cognitivo para Joinville na região Sul

A Ginástica do Cérebro, microfranquia baseada nos avanços da neurociência, criada pela psicopedagoga Nadia Benitez levará para a Feira do Empreendedor do Sebrae de Santa Catarina seu modelo de negócios direcionado para o bem estar cerebral de pessoas em qualquer faixa etária, inclusive idosos. O evento acontece entre os dias 01 e 03 de setembro no Expocentro Edmundo Doubrawa localizado na Av. José Vieira, 315, no bairro América.

A franquia, que possui um baixo investimento, está no mercado desde 2015 e oferece aos investidores uma opção de negócio na área de educação transformando vidas em um segmento altamente inovador e melhorando desde a concentração, memorização e qualidade de vida. A Ginástica do Cérebro conta com um suporte altamente qualificado no que diz respeito às noções de gestão, organização, processos pedagógicos e marketing, o que facilita a adesão de pessoas que tem familiaridade com a área de educação, mas pouca experiência em empreendedorismo.

De acordo com Nadia Benitez, diretora da rede, participar dos circuitos de feiras organizadas pelo Sebrae este ano serviu principalmente para melhorar o relacionamento com os empreendedores locais, “nossa participação visa aproveitar o potencial dessas feiras para continuar consolidando e divulgando nossa marca e em consequência melhorar nossa participação em território nacional”, afirma.

O modelo de negócio oferecido visa investimentos entre R$ 45 e R$ 70 mil, de acordo com o número de habitantes da cidade escolhida. Para a executiva criadora da Ginástica do Cérebro, cada vez mais o setor de treinamento cerebral se torna necessário, já que o dia a dia das pessoas está mais dinâmico e muitos sofrem com as perdas de memória e os altos níveis de estresse, além de não compreenderem o funcionamento da resiliência e se frustrarem em grandes proporções com o fracasso. 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *